Como ser revendedora

Marca própria para revendedoras vale a pena?

Marca própria para revendedoras vale a pena?

KITBOX Em cada caixa um encanto

Se você compra semijoias no atacado para revender já pensou em criar uma marca própria? Pode ser uma grande vantagem para o sucesso do seu negócio, por isso descubra neste post se vale a pena criar a sua.

Meu nome é Laila Santos, sou empreendedora da Kitbox Semijoias e essa é uma das grandes dúvidas das nossas revendedoras, por isso decidi tratar sobre assunto e te ajudar a tomar a decisão mais adequada.

O que é marca própria?

Segundo a ABMAPRO (Associação brasileira de marca própria e terceirização):

“Marca Própria é todo serviço ou produto, fabricado, beneficiado, processado, embalado para uma organização que detém o controle e distribuição da marca, a qual pode levar, ou não, o nome desta.

Uma marca é um nome, termo, sinal, símbolo ou uma combinação deles, visualmente perceptível, que distingue e identifica produtos industriais, comerciais e serviços, com a finalidade de diferenciá-los de outros semelhantes. A marca indica a procedência, qualidade e valor de produto e serviços, bem como certifica a conformidade dos mesmos com determinadas normas ou especificações técnicas.”

Marca própria para revendedoras de semijoias
“Kitbox” é uma marca própria registrada desde 2016

Leia também: SEMIJOIAS ATACADO – COMO COMEÇAR E QUAIS AS VANTAGENS

Simplificando o conceito, marca própria é quando o empreendedor/empresário decide criar um nome exclusivo para qualquer produto que deseja vender, pode ser semijoias, sorvetes, balas e etc. Mesmo que esse produto não seja produzido por esse empreendedor.

Você deve ter pensado: “Ok Laila, é tranquilo criar um nome exclusivo para os produtos que eu quero revender, mas quero saber se vale a pena ou não ter uma marca própria?”

Embora pareça simples essa resposta, ela é bem mais complexa do que você estava pensando, porque é preciso avaliar algumas vantagens e desvantagens antes de chegar na resposta.

Vantagens em ter uma marca própria

1 – Ser facilmente reconhecida

Quando uma empresa consegue criar uma marca que adquire boa relevância, o produto vendido é associado a marca, o que traz boa segurança para os consumidores comprarem.

2 – Cria um ativo para a empresa

Talvez você não saiba dessa informação, mas a marca pode ser um dos maiores ativos de uma empresa. Quando o empresário consegue ter sucesso na construção da marca, ela passa a ter valor de mercado e constitui um patrimônio da empresa. A marca em determinados casos pode ser tão grande que o produto é associado a marca. Ex: Pó Royal (fermento em pó) e Maizena (amido de milho).

3 – Credibilidade

Ter uma marca própria pode trazer credibilidade para a empresa e demonstrar que aquela empresa é séria.

Desvantagens de ter uma marca própria

1 – Necessidade de investimento em artes gráficas

Uma das desvantagens de ter uma marca própria é a necessidade de se investir em artes gráficas para a criação de LOGOMARCA, NOME e etc. Esse serviço pode custar de R$100,00 a R$100.000,00 dependendo de onde e quem vai criar isso para você.

Hoje em dia existem muitos aplicativos que te ajudam na criação e você pode fazer sozinha(a) mas se deseja algo realmente profissional, vai precisar pagar.

2 – Alto investimento para consolidação da marca

Pode não parecer, mas construir uma marca custa muito caro e normalmente leva anos para que se consiga grandes resultados.

Fazer o chamado “Brending” ou gestão das estratégias da marca custa muito caro e você precisa fazer um investimento mensal focado nessa construção de marca pra sempre.

3 – Falta de credibilidade

Embora ter uma marca própria pode mostrar a seriedade da empresa, no início, quando as pessoas ainda não te conhecem, o processo de convencimento da compra fica mais complicado porque as pessoas tendem a não confiar em marcas que elas não conhecem.

Marca própria para revendedoras de semijoias

 Qual é a minha opinião?

Se você está começando como revendedora de qualquer produto, eu não te aconselho a criar uma marca própria. Provavelmente você deve estar comprando produtos de empresas já consolidadas para revender, por isso use a credibilidade e todo o trabalho de construção de marca que essa empresa já fez para alavancar suas vendas.

Como eu te disse, o processo de construção da marca é caro e demorado, por isso a partir do momento que você já tiver um faturamento legal e uma base de clientes sólida, vá inserindo aos poucos sua marca, para ai sim construir o seu próprio ativo. Foi assim que eu comecei e assim que te aconselho.

Caso você já seja uma revendedora de sucesso e tenha uma boa base de clientes, eu te aconselho sim, a criar uma marca própria e começar a construir seu negócio baseado em algo 100% seu.

Espero que você tenha gostado deste artigo e qualquer dúvida, deixe seu comentário abaixo.

Aproveita e leia também: COMO ALCANÇAR O SUCESSO PROFISSIONAL REVENDENDO SEMIJOIAS

Se você procura um fornecedor de semijoias nacional de qualidade, conheça o nosso programa de parceiras da Kitbox! Tenho certeza que podemos te ajudar muito a alavancar suas vendas.

Um beijo

Você também vai gostar destas postagens:

Conheça a Kitbox Semijoias

0 Comentários | Deixe o seu também